Postagens

Voltando...

Apesar de ter deixado o blog, há dois anos atras, parece que foi ontem que parei de escrever... São tantos assuntos, tantos acontecimentos, e poupei me de comenta los aqui... Mas já estou aqui e na medida do possível irei escrevendo, compartilhando e poetizando... polemizando também...
Agora também no +google, usando e abusando!

A fascinante violência

Os dias se passam e o que se pode encontrar são atitudes reversas a evolução, antes o que parecia evoluir hoje tem sido um retrocesso a inteligencia humana, em 1960 as classes estudantis, os jovens da época tiveram a inspiração na luta pela liberdade, pagando um preço vermelho, no qual deixaram muitos pais sem respostas, até os nossos dias. Nesta época nasceram o que até se pode chamar de filhos da ditadura, vieram poetas, cantores, escritores e grande parte de pensadores dos dias de hoje, muitos se perderam no caminho, já dizia a canção.
Decada de 70, muitos matemáticos se tornaram uteis, assim como engenheiros e uma remessa de políticos nascia em movimentos sindicalistas e sociais, mobilizando parte de uma população que sofria as mazelas da ditadura militar. Chegando a época da liberdade, nova constituinte, decada de 80 uma geração que começou a caminhar pelo caminho de uma nova liberdade assistida por um processo de degradação da educação, da falta de recursos públicos e de uma real…

Salvador, 100 anos do Mercado Modelo

Imagem
Como prometido, quinta feira é o dia de falar da historia, cultura, curiosidades e outros assuntos bons de Salvador, hoje tem festa no Rio Vermelho além de ser aniversario do Mercado Modelo, falando nele que finalmente passou por uma reforma (ainda não vi de perto) mas sei que o elevador instalado, já está quebrado. 
Mas não vou ficar falando do estado atual, irei falar da beleza que se esconde, uma parte dos baianos nao conhece o Mercado como de fato ele é quem passa por ele nem imagina que na parte de baixo existe uma galeria  com água e que já foi deposito da alfandega que funcionava acima, hoje o mercado tem como foco a venda de artesanato e tudo referente a cultura baiana.
Olhando para esta foto você poderá ter a ideia de como era o Mercado Modelo, no local onde funciona hoje antes era a alfandega e no lugar da escultura de Mario Cravo, era o Mercado, este incendiou e foi reconstruído na alfandega.
A foto foi conseguida em um site da internet http://www.leobaiano.com

E o que tenho?

A certeza da vida está no seu ciclo de transição permanente, encontramos pessoas, nascemos junto de pessoas, crescemos juntos com outras e perdemos, algumas. 
Com muita determinação vamos crescendo, ou mesmo forçados a evoluir, mais o que levamos de tudo isso? Que poderemos fazer da vida que temos? A unica que até o momento podemos dominar, ou tentar; Adaptarmos a situações e ao mesmo tempo dizer tudo que pensamos e nos prepararmos a ouvir o que nao desejamos, a dinâmica da vida responde a fatores impensáveis a cada um de nós. Somos tão donos de si e ao mesmo tempo donos de nada, e fico imaginando ganhar e perder será parte da mesma moeda? No que teremos constituídos, e o que poderemos deixar de legado para quem vier depois de nós? 


Sabe a sensação de que ainda falta, a sensação de que preciso fazer um pouco mais para melhorar a vida minha e de outros, tenho medo e nao da morte, mas de nao fazer um legado decente para deixar a outros? Melhorar a cada dia, ser feliz vendo a felicidade de…

Politicamente Correto

Se uma pergunta for feita a cada cidadão brasileiro em relação a futebol, cerca de 50 pessoas de um total de 50 entrevistados dirão toda a informação do seu time, porém uma pergunta simples sobre política deixará muita gente nervosa, alem de generalizar adjetivos.
Mas algo é certo, todos nós fazemos política mesmo sem perceber, podemos até não sermos politizado, mas somos políticos em toda a forma de ser, temos a política familiar, a política de convivência, política escolar entre outras formas. O dicionário Aurélio define política como: 1.Ciência dos fenômenos relativo ao Estado 2. Arte de bem governar aos povos 3. Habilidade no trato das relações humanas.Com a terceira definição podemos dizer todos nós somos políticos, mas será que exercemos nossas obrigações como político-cidadão? Logo faço uma pergunta chave, lembra em quem você votou na ultima eleição, lembrando que foi uma eleição presidencial, estadual e senado, será que alguém consegue lembrar?
A maior parte dos brasileiros não…

Fora João! Agora?

Imagem
Admiro a forma legal de protesto, como o ocorrido hoje pela tarde, queria ter ido, mas não foi possível, mesmo assim fica um medo dentro de mim. Como será em outubro? Infelizmente esta democracia que temos, a baixa informação, o afastamento da cultura política, do civismo e da moralidade, tem gerado esta falta de comprometimento político. Não basta agora já no final dizer não para João Henrique, um político que nunca teve talento, que não teve idéias que fossem possíveis de serem executadas, talento não se compra, nem ao menos se adapta, o histórico dele já era ruim e agora ainda ficou pior. A família de João Henrique não tem e nunca teve talento político haja visto seu pai o atual senador da Bahia, alguém sabe o nome dele?  Sem expressão, eleito por falta de opção, sem que houvesse um nome forte colocado pelo time carlista, foi uma derrota para a Bahia, nem assistindo a TV Senado ouço sequer falar no nome dele, nem dos outros dois, a senadora da Bahia, para chamar a atenção, saiu com…

Fui para a recuperação

Época de final de ano, sempre me assustou, e confesso nunca gostei. Sempre temi aos resultados das provas e tinha medo da recuperação e de "tomar pau" como dizia no meu tempo (to ficando velho) o que mais impressiona é como esta época influencia as pessoas tanto a comprarem, como a tomarem atitudes loucas muitas vezes.
Acho inadmissível o ato de perdão nesta época do ano, me parece uma obrigação, um fator de alivio da consciência, e mais não é algo livre do qual o coração está buscado ser livre... acho tão falso!
Mas meu interesse não é este, e sim lembrar de quantos momentos desejamos que aconteça a recuperação, ao longo do ano vamos fazendo provas, vamos fazendo testes, vamos ouvindo e aprendendo coisas novas, e vamos, vamos e chega uma hora que teremos que fazer as avaliações maiores, chamadas finais, avaliação da IV Unidade, aquelas que se aproximam do final de ano... E de repente, temos matérias que somos aprovados com media, ou notas superiores, mas tem matérias que somo…